1904: Chegada das Irmãs ao Mato-Grosso

AS IRMÃS AZUIS NO BRASIL

 

As primeiras Irmãs Azuis chegaram ao Brasil em 26 de outubro de 1904, na cidade de Cuiabá (MT) e iniciaram a missão no Asilo Santa Rita. Quatro anos mais tarde, abriram um pensionato e externato, e atendendo às necessidades das famílias mais pobres, um curso de trabalhos manuais. 

Em 1º de janeiro de 1907, mais quatro irmãs azuis francesas chegaram a São Luis de Cáceres (MT) para morar numa casinha humilde que mais tarde se transformou no Colégio Imaculada Conceição. Em 1936 iniciaram trabalho no Hospital de Cáceres.

O ano de 1928 marcou uma nova etapa para a Congregação das Irmãs da Imaculada Conceição de Castres no Brasil. Uma comunidade azul estabeleceu-se em Poconé, município localizado a 100 quilômetros de Cuiabá. Lá fundaram o Asilo de Poconé, a Escola Madre Luiza Bertrand e, em 1955, iniciaram trabalho no Hospital de Poconé.

Em 14 de julho de 1941 chegaram à cidade de São Paulo (SP) e, no ano seguinte, inauguraram o Colégio Notre Dame. Em 1º de julho de 1949 fundaram o primeiro juvenato da Província no Notre Dame e, cinco anos mais tarde, o Noviciado na Comunidade Emilie de Villeneuve para as futuras irmãs da Congregação no Brasil que até então dependiam da Argentina para realizar seus estudos de introdução na vida religiosa. Em 1955, inauguraram o Colégio Emilie de Villeneuve.

Em 1959, já com mais de 50 religiosas atuando em Mato Grosso e em São Paulo, e em função da distância em relação à Argentina, a quem as Irmãs respondiam até então, o Brasil tornou-se, em 1º de novembro, uma Província. Esta reunia as casas religiosas e as irmãs da ordem no país, sob a coordenação de uma provincial. As instalações do Instituto Emilie de Villeneuve passaram a abrigar também, além da escola e da Casa de Formação, a sede da Casa Provincial da Congregação no Brasil, que coordenava as casas de Mato Grosso e São Paulo.

A partir daí a missão das Irmãs Azuis foi crescendo e novas comunidades foram surgindo, fazendo com que estejam presentes em Santa Catarina, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Bahia, Piauí, São Paulo e Pernambuco.